Tudo o que você precisa saber ao alugar um imóvel

Muitas vezes, a melhor alternativa não está em adquirir uma moradia, sobretudo diante do quadro de instabilidade econômica que assola o mundo, e das mudanças nas regras de financiamento. Deste modo, em diversas ocasiões o melhor é alugar um imóvel, até ter uma boa renda para adquirir uma casa própria. Claro que há uma série de benefícios e problemas, e por isto é preciso considerar com calma todas elas. Leia mais sobre o assunto a seguir e veja como realizar este processo de maneira adequada.

O que fazer inicialmente

A primeira coisa a ser feita é realizar uma boa pesquisa, levando em conta o tipo de imóvel, sua localização e seus respectivos preços. O número de integrantes de sua família e de veículos também são fatores de grande importância. Depois de resolvidos todas estas questões, é hora de avaliar questões como posição solar, vizinhança e se todos os aspectos relativos ao aluguel estão dentro da lei do inquilinato.

Quando todos estes fatores estiverem dentro dos conformes, o próximo passo é fazer um bom contrato. Tire todas as suas dúvidas com o proprietário antes de assinar qualquer papel, e verifique se há alguma questão legal pendente que precisa de resposta. Lembre-se de que você precisa estar seguro na hora de alugar um imóvel, inclusive para evitar complicações futuras. Veja com cuidado todas as informações de valor e prazos para pagamento, bem como de aviso prévio e de saída de sua moradia.

Mais dicas e informações

Certifique-se de que tanto os seus documentos quanto os do imóvel em questão estão em ordem, e não deixe de contar com a ajuda de um especialista se for preciso. Lembre-se de que você não tem nenhuma obrigação por lei de apresentar garantias para poder alugar algo, mas dificilmente o proprietário do local vai aceitar fazer negócio se não as receber. Para isto, as melhores alternativas incluem o depósito caução, a presença de fiadores e o seguro de fianças.

Esteja ciente de que estão entre as obrigações do inquilino pagar todas as parcelas do aluguel em dia, manter a casa em boas condições e permitir a entrada do locador para possíveis vistorias. Há várias opções para facilitar este procedimento, todos apoiados em lei e que beneficiam ambos os lados. Tudo é uma questão de conversar e ver o que é melhor, principalmente pelo prazo do contrato, as quantias e a forma de parcela-las e maneira certa de fazer o pagamento.

Outros aspectos importantes

Quando você quiser deixar o imóvel, é preciso dar o aviso prévio com 30 dias de antecedência, feito por escrito e protocolado por uma imobiliária. A escolha deste tipo de empresa também faz toda a diferença, tanto por questões de agilização do processo quanto por um serviço bem feito que não terá furos nem problemas. Tenha bastante paciência e observe com calma todos os aspectos que envolvem o aluguel de uma moradia, pois assim tudo estará certo sem nenhum contratempo.

Saiba que o valor de um aluguel pode não ser fixo, e depende muito dos critérios estabelecidos por meio do contrato. Por isto leia tudo com a máxima atenção e esteja bastante ciente de seus direitos e deveres como inquilino. Um processo feito as claras e sem dúvidas garante bastante satisfação para os dois lados e deve ser considerado obrigatório, inclusive perante a lei, por questões de comodidade e segurança.

Alugue sem problemas

Depois de conferir estas dicas é hora de ir atrás do imóvel que você quer alugar. Observe com cuidado os fatores que envolvem este processo, e em caso de algum problema não hesite em procurar a ajuda dos órgãos responsáveis de atendimento ao consumidor como o PROCON. O preço de um aluguel não é fixo e pode ser reajustado de acordo com a inflação, por isto calcule suas finanças com calma antes de tomar a decisão de alugar uma moradia.

Se o melhor para você no presente momento for alugar um imóvel ao invés de comprar um, realize este processo sem preocupações e com a supervisão profissional adequada. Um bom lar é indispensável para qualquer pessoa, por isto tenha isto como uma prioridade. Assim, será possível estar em um local ideal para toda a sua família sem sustos nem preocupações.

Читайте также

Mercado imobiliário em São Paulo: Vendas e lançamentos registram queda

Mercado imobiliário comercial em Curitiba é o 3º maior do Brasil

Venda de imóveis: confira os documentos necessários

Pensando em alugar um imóvel? — Veja dicas para alugar sem erro!

Mercado imobiliário em Brasília: Quadradinho aconchegante

Добавить комментарий

Ваш e-mail не будет опубликован. Обязательные поля помечены *